A pàgina anterior (http://www.antis.se/quim_1.html)!


Colecionar macacos / Macacos em Brasil /
© Kim Mällberg 1993 e 2002 / http://www.antis.se/quim_2.html




Mico, Recife-PE

Mico (cebus apella), Mercado São José no Recife-PE



Macacos em Brasil (© Kim Mällberg 1993 e 2002)

 

No Meio dos anos 70 me deu vontade de ter outro macaco, mas não achei nenhum. Na Suécia não havia macacos nas lojas de animais. Riam de mim sem entender minha pergunta. Novas regras impediam e impedem até hoje a importaçáo de macacos à Suécia menos para pesquisas de animals, observações dos cientistas e para aos jardins zoológicos. Uma das razões que me motivou foi o macaco senhor da série infantil da TV: Pippi Meias-Compridas. Toda criança queria ter seu proprio macaco. Isso foi uma epidemia. Naturalmente se pensava também que era melhor que os macacos viverem no seu próprio ambiente nas florestas tropicais. Tive que me contentar em filmar os macacos gibãos de mãos brancas nas suas acrobacias na sua ilha de Zoológico de Copenhague.

 

Gibãos vive na Ásia.

Gibãos vive na Ásia.

 

Eu estudava também os macacos embalsamados dos museus. A matéria me interessava mais e mais.



La família Mällberg en Escânia, Suécia 1974.

La família Mällberg en Escânia, Suécia 1974.

 

 

Durante uma caminhada entre Europa e América do Sul
1974-77 eu e meus pais chegamos ao Brasil. Primeiro chegamos no bairro Boa Viagem no Recife no nordeste do Brasil. Eu descobri que as relações entre as pessoas e os animais não eram das melhores. Eu não vi por exemplo cãos domésticos que é tão comum na Suécia, quando saiamos com Ali, o cachorrinho que truoxemos do sul da Espanha, acontecia que as pessoas passavam para outro lado da rua para evitá-lo.

Ali 1974

Ali 1974

 

Aos poucos descobrimos cachorros nos jardins das casas de luxo. Outra categoria de cachorros eram os que andavam livros pelos bairros pobres e viviam dos restos de comida do lixo. O interesse pelo animais no meio do povo parecia pequeno. Quase no final da nossa estadia no Recife, encontramos algumas pessoas que tinham macacos domésticos. Mas vemos muitas vêzes vendedores de rua com gaiolas de pássaros para vender. A maioria eram pássaros musicais caçados na região.



Á direita Aina Cederblom

Á direita Aina Cederblom

 

Depois de termos vivido em Boa Viagem e no Recife um tempo, Aina Cederblom nos ofereceu moradia na sua escola de tecer "Escola Artesanal Sueco Brasileira" em Olinda, ao norte de Recife. Nos mudamos prá lá. Aina era uma senhora forte que quando era jovem viajou em um barca com motor de fora de borda. Ela escreveu alguns livros sôbre suas aventuras: "Rolando através da Europa" (Bonniers 1939) e "Como aventureira pelo Atlântico". Aina Cederblom tenha criado uma escola em Olinda, que parecia um sitio da regiáo da Escânia, para de todas as formas tentar ajudar os pobres do barro. E o conseguiu. Especialmente as familias que trabalhavam na casa de tecer dela. Ajuda com material, roupa, material de construção, dinheiro e tudo mais chegavam para ela de donações da Suécia. Importante também foi o apôio que ela teve dos amigos no Brasil. Por exemplo êles vendiam as produtos téxteis que se teciam na escol aos ricos da cidade e aos turistas que vinham do mundo inteiro. Aina Cederblom ficou famosa na TV sueca quando ela se apresentou no programa do Lasse Holmkvist "Aqui está sua vida", onde fez grande susseço. A ideia para isto programa Lasse Holmkvist tirou das nossas reportagens semanais aos assinantes da Suécia e outros paises.

 

Um dia eu estava passeando pelo mercado São José no Recife. Eu estava com um pedaço de melancia na mão e fui olhar uns pássaros que estavam numa gaiola numa parede perto. Vi de uma vez dois macacos amorrados à uma caixa. Prá não me monstrar muito interessado, olhei primeiro à todas outras coisas. Uma estrategia que às vêzes funciona quando a gente quer comprar barato. Eu encontrei além disso uma gaiola com dois saguis, dos mesmos que vi várias vêzes nas florestas da cost brasileira.


Sagui


O sagui-caratinga também é chamado de mico-estrêla por causa da mancha branca que tem na testa. Vive sobretudo na Bahia e em Pernambuco.

 

Os saguis com certeza tinham sido caçados na região. Talvez no "bosque sagrado" ao lado do Rio Doce, onde o povo da Umbanda tinha suas reuniõs, festas e sacrificios para os esperitas da floresta, Jurema e etc. nas "sete encruzilhadas" dos caminhos.




Sagui / Callithrix jacchus

Sagui / Callithrix jacchus


 

Nas árvores êsses saguis costumavam pular de galho em galho olhando por curiosidade à me.

 

Os macacos prêses à caixa eram dois micos (macaco prego) grandes como um gato.

 

Mico ou macaco prego / Cebus apella

Mico ou macaco prego / Cebus apella.

 

Eu dei melancia à êles, deixei-os treparem nas minhas pernas e se pendurarem como rabo nu meu braço. Eu notei que êles não estavam feridos pelo cinto de couro que os prendiam em volta da cintura. Especialmente o mais novo era bem agradável. Pelo dono fiquei sabendo que êles eram recém chegados do Amazonas, transportados por um chofer de camião. O Preço era 1500 cruzeiros pelos dois ou 800 por um (1977), que em corôas suecas significava 400 por um. Quer dizer só rico podia comprar. Nenhum pobre! A questâo é se era legal se vender. Não se pode negociar com animais selvagens de qualquer jeito no Brasil.

 

Se eu tivesse dinheiro conmigo, teria com certeza comprado um. Sai dali embaraçado. Eu disse que primeiro eu teria que perguntar aos meus pais. O preço também era bem alto, se gente pensasse no que se podia comprar com aquêle dinheiro. Em Belém antes era diferente. Um viajante pesquisador podia ter algum macaco, nas viagens dentro do pais, comprado en mercado Ver-o-Peso. Isso eu tinha lido nos livros de discrições de viagens, que eram entre outros meus livros favoritos na biblioteca que tinhamos em casa na Suécia.

 

Os macocos de mercado Sao José em Recife já estavam vendidos quando voltei, o que monstra que o preço de qulquer jeito talvez fôsse certo. Foram vendidos a um artista do Rio de Janeiro que estava de ferias no Recife. De qualquer maneira eu tive sorte já que eu não poderia levar o macaco comigo para Suécia, até nosso cachorro Ali da Espanha e os outros quatro do Brasil, tiveram que ficar. E caro e dificil trazer animais para Suécia que tem regas bem duras. Os cachorros teriam que passar meio ano de quarentena e sairia bem caro. No Recife tivemos a sorte de conseguir uma boa casa para êles.

 


Uacari-Vermelho / Cacajao rubicundus

Uacari-Vermelho / Cacajao rubicundus.

 

Outra vez eu vi um mico amarrado entre a boléia e a carroceria de um camião, que horrivel para um macaquinho. Eu jamais faria tal coisa. Também nunca aceitaria matar uma macaca para ficar com o filhote. Um amigo pequeno / macaco de cheiro. Os saguis eram mais fáceis de se conseguir, já que êles eram presos na região. Na Bahia se exportavam bastante para o resto do mundo.

 








Os macacos grandes do amazonas:

Guariba, Barrigudo, Macaco-da-noite, Uacari, Cuxiú, Coata ou Macaco-aranha, Mico ou Macaco-prego e os menores Macaco-de-cheiro (o macaco da "Pipi meias compridas").

 

Cuatá ou Macaco-aranha / Ateles.

Cuatá ou Macaco-aranha / Ateles.

Macaco-aranha tem as pernas e os braços compridos, finos e peludos, como as patas de algumas aranhas. Anda e pula em cima das árvores. Dá saltos espetaculares (de uns dez metros de distância). Cuatá ou Macaco-aranha / Ateles. De vez em quando se atira num galho mais baixo (pernas e braços abertos, cauda esticada) ou segura o galho onde está com um dos braços e, com o outro braço, as pernas e a cauda, faz uma porção de travessuras ao mesmo tempo. Também pode se pendurar pela cauda e ficar pintando o sete com as pernas e os braços.

 

Mede de uns quarenta a uns sessenta centímetros de comprimento, fora a cauda, que vai de uns setenta a uns noventa e cinco centímetros. Vive no Brasil (sobretudo no norte e no centro), em outros países da América do Sul e na América Central.

 



Salve a amizade Brasil - Suécia!

E-mail:

 

Kim Mällberg - kimantis@yahoo.se

 

http://www.ohmygoodness.com/

Copyright (c) 2002 by Kim Mällberg.



A pàgina terceiro! ou A pàgina primeiro!


Kim / Português (1)
(2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9)
@
Kim








PARA CIMA!





Kims Länkar / en länksamling /